Marinha identifica lanchas em actividades ilícitas


Na pesca submarina junto às ilhas Selvagens
 

Duas embarcações espanholas, registadas em Tenerife, foram identificadas numa operação conjunta entre a Marinha e a Força Aérea, na última segunda-feira. a Marinha informa que as embarcações são suspeitas em actividades ilícitas de caça submarina.
Duas embarcações estrangeiras, suspeitas em actividades ilícitas de caça submarina nas proximidades da Ilha Selvagem Pequena, foram detectadas numa missão de reconhecimento e fiscalização conjunta realizada pela Marinha (Autoridade Marítima Nacional) e a Força Aérea.
A Marinha, em comunicado, informa que o caso reporta-se a segunda-feira, de tarde, com base em informações de que embarcações estrangeiras estariam a realizar actividades ilícitas na proximidade da Ilha Selvagem Pequena, razão pela qual o comandante da Zona Marítima da Madeira activou um helicóptero EH-101 da Força Aérea a partir do Porto Santo, com três elementos da Polícia Marítima a bordo.
De acordo com a nota informativa, esta missão de reconhecimento e fiscalização conjunta entre a Marinha e a Força Aérea permitiu detectar e identificar duas embarcações suspeitas em actividades ilícitas de caça submarina.
O comunicado indica que "face aos elementos obtidos, o Capitão do Porto do Funchal determinou o levantamento de autos de notícia para instrução dos respectivos processos por ilícitos contra-ordenacionais". Acrescenta que, "tendo em conta a natureza da infracção e origem das embarcações, ambas registadas em Tenerife, foi estabelecido contacto com as autoridades espanholas da Província de Santa Cruz de Tenerife para eventual intervenção".

Jornal da Madeira
publicado por Pedro Quartin Graça às 07:44 | link do post | comentar