Portal Ambiente


Limpeza à Selvagem Pequena mobiliza cientistas

2010-06-27

Apesar de as ilhas Selvagens não serem habitadas, dão à costa inúmeros resíduos trazidos pela maré. Os pedaços de plástico e de vidro encontram-se um pouco por toda a ilha, na zona da costa e deixam uma impressão artificialmente colorida, contrastando com o castanho da ilha.
Para além dos resíduos que o mar traz, há também os destroços de um antigo petroleiro e um pedaço de um mastro de um navio, que fazem lembrar uma ilha do imaginário da caça ao tesouro.
Os investigadores parceiros da Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental (EMEPC) decidiram dar uma ajuda aos vigilantes, na limpeza da costa. Munidos de sacos do lixo, cerca de uma dezena esquadrinhou as praias, tentando apanhar o máximo de resíduos possível.
A prioridade é a apanhar o plástico, e vê-se de tudo: desde molas partidas a bocados de tubos, os sacos são rapidamente enchidos e formam uma grande montanha no meio da ilha. Depois, virá o barco patrulha recolher os resíduos para os levar para o Funchal, aproveitando a rendição dos vigilantes.  
Autor / Fonte
Diana Catarino
publicado por Pedro Quartin Graça às 10:14 | link do post | comentar