Quarta-feira, 30.09.09

Ilhas Selvagens no "Siete Islas"

canarias-7-martes-07-10-08.jpg
publicado por Pedro Quartin Graça às 09:22 | link do post | comentar
Terça-feira, 29.09.09

O MUNDO A CEM PÉS

José de Sousa publicou recentemente este excelente livro que "Ilhas Selvagens" particularmente recomenda!

AçoresEste «O Mundo a Cem Pés» começou, pode dizer-se, há mais de trinta anos! O autor sempre teve grande apetência pela escrita e desde os catorze anos faz pesca submarina. Não estranhou por isso que o casamento destas duas paixões surgisse naturalmente! Fazer pesca submarina e escrever sobre esta passaram a ser duas actividades indissociáveis, já lá vão muitos e muitos anos!

Foram centenas os artigos publicados em jornais como o Diário de Notícias, A Bola, O Mundo Desportivo, O Record, Portugal Hoje, Diário Popular, e em publicações náuticas como o Notícias do Mar, Mundo Submerso, Mundo Náutico e Pesca Submarina. De permeio, tempo ainda para editar na década de oitenta o livro «A Caça Submarina de Ontem e de Hoje», há muito esgotado.

Ainda hoje, sempre que José de Sousa parte para qualquer lado para fazer pesca submarina, acompanha-o o bloco de notas e a máquina fotográfica, registando apontamentos e fotos para o que der e vier. É justamente o acumular de muitos destes apontamentos e destas fotos, que está na génese de «O Mundo a Cem Pés». De milhares de páginas de apontamentos e de mais de um milhar de fotografias, o autor reconstituiu mais de duas dezenas de histórias, na sequência das muitas aventuras submarinas que viveu um pouco por todo o mundo nos últimos trinta anos.

São estas histórias que «O Mundo a Cem Pés» vem revelar, para deleite de todos aqueles que ou são apaixonados pelo mar, pelas viagens exóticas, pelo mergulho, ou pela pesca submarina.

Pensado já na era das novas tecnologias, o autor idealizou-o inicialmente em formato online; porém, a fidelidade ao papel acabou falando mais alto. Convicto de que lançar um livro nesta conjuntura seria mais arriscado do que fazer um mergulho em apneia a trinta metros (cem pés), ainda assim José de Sousa assumiu a edição, fugindo dos circuitos normais de distribuição e venda, e optando por comercializá-lo directamente, servindo-se das novas tecnologias para a sua promoção, divulgação e venda.

São cerca de duzentas páginas e mais de cinquenta fotos em quadricromia, num papel de 115 gramas, com capa envernizada de 170 gramas. É também aqui um casamento perfeito: um produto delicioso numa excelente embalagem!

Link:

http://www.o-mundo-a-cem-pes.com/index.php?Pagina=conteudo&ID=1

publicado por Pedro Quartin Graça às 12:16 | link do post | comentar
Segunda-feira, 21.09.09

Investigadores e alunos premiados em expedição às ilhas Selvagens e Desertas

É uma iniciativa histórica e nela participarão os melhores alunos de Física do arquipélago: um grupo de investigadores da Universidade da Madeira vai liderar duas expedições às ilhas Desertas e Selvagens com o objectivo, inédito, de registar electronicamente o céu nocturno visto daquelas reservas naturais. As viagens terão lugar na Semana Astro-Marítima, que decorre de 20 a 25 de Setembro no âmbito das celebrações do Dia Internacional do Mar (24 de Setembro).

ilhas_desertas

Nas expedições, investigadores e alunos poderão observar o Sol e passear, com telescópios, pelo céu nocturno. Planetas do Sistema Solar, a Lua, constelações, nebulosas e estrelas longínquas são alguns dos corpos celestes que desfilarão aos olhos dos participantes. Pela madrugada, no regresso da expedição às Selvagens, a viagem será feita ao sabor da navegação astronómica, ou seja, navegação pelas estrelas.

Mas a aventura astronómica quer ir mais além do céu. "Vamos aproveitar o cenário onde nos encontramos para, em colaboração com o Parque Natural, apreciarmos as espécies vegetais e animais únicas dos dois grupos de ilhas, por exemplo, a aranha-lobo ("tarântula") das Desertas e a freira do bugio, ave raríssima", adianta o astrónomo Pedro Augusto, da Universidade da Madeira.

Esta vai ser a primeira vez em que se procederá, nas ilhas, ao registo fotográfico de objectos celestes. "E ainda mais importante, é a primeira vez que se vão fazer medições rigorosas do brilho do céu nocturno nas ilhas", explica o investigador.

A primeira expedição, que se prolongará por três dias, vai levar cientistas e alunos à Deserta Grande. Com partida marcada para o dia 20 de Setembro (domingo), esta primeira viagem permitirá aos participantes subir ao planalto da ilha (a 400 metros de altitude), onde pernoitarão durante a estadia. Os alunos participantes serão os 13 melhores alunos de Físico-Química do 11º ano das escolas da região autónoma.

Para participarem na expedição à distante Selvagem Grande apenas foram seleccionados os três melhores alunos do 12º ano na disciplina de Física. A viagem, com início no dia 24 de Setembro, prolongar-se-á por dois dias e permitirá a alunos e investigadores olhar, medir e fotografar, pela primeira vez, o céu nocturno da ilha. No regresso ao Funchal, a viagem de barco será realizada com o apoio das estrelas.

No ano em que se comemora o Ano Internacional da Astronomia, a Universidade da Madeira pretende, com o apoio do Comando da Zona Marítima e do Parque Natural da Madeira, "levar a Astronomia a todos os pontos do arquipélago e dar a este último uma nova visibilidade a nível nacional".

A Semana Astro-Marítima integra as comemorações oficiais do Ano Internacional da Astronomia (AIA2009) no arquipélago da Madeira. Para mais informações, os interessados poderão consultar o site da iniciativa (http://www.uma.pt/aia09/sam.htm).

O Ano Internacional de Astronomia (www.astronomia2009.org) é organizado em Portugal pela Sociedade Portuguesa de Astronomia, com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), da Fundação Calouste Gulbenkian, do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, da Agência Ciência Viva e da European Astronomical Society (EAS).

publicado por Pedro Quartin Graça às 22:35 | link do post | comentar
Bem-vindo ao Blog “Ilhas Selvagens”! Este é um espaço dedicado à divulgação das Ilhas Selvagens, subarquipélago da Madeira, o extremo mais a sul do território nacional. Uma janela aberta ao mundo e um retrato da zona mais desconhecida de Portugal. Entre e explore as ilhas!

Pedro Quartin Graça

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Redes Sociais - Social Networks

Instagram

últ. comentários

arquivos

Ilhas Selvagens TV

tags

todas as tags

subscrever feeds

posts recentes

blogs SAPO

Translation

Música ambiente

Escreva-nos

10710775_lB2Wc E-mail: pedroquartingraca@gmail.com Tlm: (+351) 96 964 0021