...

Presidente do Parlamento e os deputados da Comissão de Defesa Nacional
Gama nas Selvagens
O Presidente da Assembleia da República e os deputados da 3ª Comissão, de Defesa Nacional, daquele Parlamento, deslocam-se, a 25 e 26 de Maio, às Ilhas Selvagens. A viagem, confirmada por fonte da presidência da Assembleia da República, acontece, em princípio, a bordo da nova fragata da Armada, a «Bartolomeu Dias», que fez a sua primeira escala em Lisboa há cerca de um mês. A visita da Comissão presidida pelo deputado socialista Miranda Calha, acontece pela segunda vez, tendo em conta que em meados dos anos noventa do século passado, houve também uma deslocação daquela estrutura parlamentar, na altura presidida pelo madeirense Correia de Jesus.
O presidente da Assembleia da República, Jaime Gama e os deputados da Comissão de Defesa Nacional visitam as Ilhas Selvagens nos dias 25 e 26 de Maio.

Os parlamentares deslocam-se, previsivelmente, a bordo da mais nova fragata da Armada Portuguesa, a «Bartolomeu Dias», que fará a sua primeira «aparição pública» no próximo dia 20 de Maio, Dia da Marinha, que este ano tem as comemorações centradas em Aveiro. 

Apesar de a fonte da presidência do Parlamento liderado pelo açoriano Jaime Gama ter adiantado pouco a propósito do teor da visita, é previsível que esta aconteça pelo facto de, cada vez mais, assumir primordial importância a soberania nacional no extremo sul de Portugal, com as ilhas a serem, muitas vezes, visitadas pelos pescadores espanhóis e mesmo embarcações de recreio. 

De qualquer forma, as visitas, sobretudo as feitas por aviões militares espanhóis, foram assumidas como uma afronta aos interesses portugueses e, sobretudo, regionais, em acontecimentos que levaram, inclusivamente, a reuniões entre os presidentes dos governos regionais da Madeira e de Canárias e depois entre Lisboa e Madrid. 

As Selvagens já receberam a visita de dois presidentes da República e de várias personalidades importantes, como o duque de Edimburgo e do conhecido investigador Jacques Cousteau, que disse que aquelas eram as águas mais límpidas que vira até então.

In: Jornal da Madeira

Nota: Esta visita decorre na sequência de uma sugestão nesse sentido apresentada pelo autor deste blog junto de deputados da Comissão de Defesa Nacional da Assembleia da República sendo que o mesmo não fará parte da delegação da Assembleia da República.
publicado por Pedro Quartin Graça às 12:16 | link do post | comentar