Força Aérea e Marinha perseguem pescadores ilegais espanhóis


Embarcação em actividade ilícita
Foto: Marinha e Força Aérea portuguesa
lhas Selvagens, Madeira
Uma acção conjunta da Força Aérea e da Marinha permitiu anteontem (segunda-feira) identificar duas embarcações semirígidas espanholas, com seis homens a bordo, que se preparavam para fazer caça submarina ao largo das ilhas Selvagens, na Madeira. Por lei, esta actividade é proibida neste local.
 
Por:Miguel Curado, Correio da Manhã
Após receber um alerta da presença das duas lanchas (cada um com sete metros e meio de comprimento), vindas de Tenerife, nas Canárias (arquipélago espanhol), o comando da Zona Marítima da Madeira mobilizou um helicóptero EH-101 da Força Aérea, estacionado na ilha de Porto Santo.
Com agentes da Polícia Marítima a bordo, o EH-101 estabeleceu contacto visual com as duas lanchas perto da ilha Selvagem pequena. Assim que se aperceberam da presença da aeronave portuguesa, os pescadores ilegais espanhóis aceleraram em direcções opostas. A sua fuga foi filmada o tempo suficiente para que fosse possível identificar tanto o nome das embarcações, como os próprios ocupantes. A perseguição durou algumas milhas.
Fonte da Marinha disse ao CM que a violação da reserva natural das Selvagens foi comunicada às autoridades espanholas em Tenerife, para que a respectiva autuação aos autores da mesma seja emitida. 

Confira tudo e veja vídeo aqui
publicado por Pedro Quartin Graça às 08:28 | link do post